sexta-feira, 22 de maio de 2015

DIVERGENTE - VERONICA ROTH


Titulo: Divergente
Autora: Veronica Roth
Tradução: Lucas Peterson
Editora: Rocco
Ano: 2012
Páginas: 504












Olá, pessoinhas! Como estão? O post de hoje é sobre um livro bem famoso: Divergente.

A princípio eu não ia fazer resenha, pois é um livro que muita gente já leu, assistiu o filme ou apenas conhece a história. Mas como esse foi o último livro que li e o blog estava precisando de uma atualização eu resolvi postar. Enfim, vamos logo para a resenha!

A história se passa em uma época futura, em Chicago, onde a sociedade se encontra dividida em cinco facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição, cada uma dedicada ao cultivo de uma virtude e encarregada de cuidar de um setor da sociedade.

Aos 16 anos, Beatrice se encontra no conflito de abandonar sua família e a facção onde nasceu e foi criada ou escolher a facção que acredita pertencer. Para ajudar os jovens a decidir para qual facção ir, são feitos testes de aptidão, que dizem em qual facção eles se encaixam melhor.

Ao fazer o teste de aptidão, Beatrice descobre que não é como a maioria das pessoas, seu teste diz que ela pertence à mais de uma facção, o que significa que é uma Divergente. E por isso corre grande perigo.

Beatrice então escolhe uma facção, na qual precisa passar por um teste de iniciação rígido, com testes físicos, emocionais e mentais, para provar que realmente pertence à facção. Com tanta pressão sobre si, passando por várias situações difíceis e ao mesmo tempo tentando descobrir os perigos de ser Divergente, ela busca completar sua iniciação com sucesso, não apenas por questão de honra, mas sim de sobrevivência.

Ao descobrir um conflito que ameaça destruir sua sociedade, Beatrice descobre que seu segredo pode ajudá-la a salvar aqueles que ama, ou destruí-la.

Boa parte do livro conta sobre a iniciação de Beatrice em sua facção escolhida e quase no final do livro surge um problema que ela precisa resolver. A história possui muita ação e suspense, e até mesmo romance, mas sem ser um romance enjoado.

No começo eu fiquei um pouco perdida em relação à Divergência de Beatrice, não entendi muito bem porque isso era algo tão perigoso, mas conforme foi chegando o final da história deu para entender melhor. E isso faz parte de um ponto ruim no livro, algumas coisas são explicadas superficialmente ou nem isso, o que acaba deixando a história um pouco confusa.

Eu particularmente me identifiquei muito com diversas frases, personagens e momentos da história, o que me fez gostar muito do livro e me arrepender de não ter lido antes.

O livro possui mais de 500 páginas, quando peguei ele achei que não iria conseguir terminar de ler nunca, hahaha mas a escrita não é cansativa e é um livro bem rápido de ler pois a história é bem envolvente.

Estou muito ansiosa para ler os próximos livros e espero que sejam tão bom (ou melhores) que esse primeiro. :)

Por hoje é isso, pessoal. Até a próxima. ;)

"Facção antes do sangue."

Nenhum comentário:

Postar um comentário