sábado, 9 de julho de 2016

INVOCAÇÃO DO MAL 2

Título Original: The Conjuring 2
Título no Brasil: Invocação do Mal 2
Data de lançamento: 9 de junho de 2016
Direção: James Wan

Elenco: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Frances O'Connor
Gênero: Terror











Olá pessoal, como estão?
Hoje vim trazer uma resenha de um filme. Não é a primeira vez que resenho um filme, o primeiro foi A Viagem de Chihiro, mas dessa vez não é uma animação fofinha e infantil, e sim um assustador filme de terror: Invocação do Mal 2.

O filme se passa principalmente na Inglaterra, mais precisamente na residência da família Hodgson, onde mora Penny e seus quatro filhos, dois meninos e duas meninas. O enredo se desenvolve quando Janet, a mais nova das meninas, e sua irmã Margaret tentam se comunicar com entidades sobrenaturais através de um tabuleiro ouija. A princípio nada acontece, então Janet coloca o tabuleiro em baixo de sua cama e ela e sua irmã deitam-se para dormir, sem saber os eventos sinistros que acontecerão depois dessa noite.


No início os acontecimentos envolvem apenas Janet, mas logo toda a família passa a ser assombrada. Camas chacoalhando durante a noite e brinquedos funcionando sozinhos são apenas o começo de tudo o que há por vir. 

Janet é sempre o alvo, é com ela que a maior parte das coisas ocorrem e com quem o fantasma de Bill Wilkins se comunica frequentemente, deixando-a apavorada. Bill é um fantasma de um idoso que residiu na casa dos Hodgson antes de morrer sentado na velha poltrona da sala. Ele diz inúmeras vezes que a casa é sua e que a família deve ir embora, mas eles não vão.


Após os primeiros acontecimentos, a polícia local vai à casa de Penny para averiguar o ocorrido, e logo percebe que o caso é sobrenatural e recomenda um padre a família. 

E é aí que os Warren entram no caso. A igreja solicita a eles que vistem a casa dos Hodgson e verifiquem se há mesmo a presença de entidades malignas, para que um exorcismo possa ser feito. Lorraine, que vem tendo visões ruins, prefere se afastar de investigações, mas Ed a convence a apenas visitar a casa e verificar, sem se envolver no caso.


O caso logo torna-se popular na cidade, porém, muitas pessoas acreditam ser apenas fingimento de Janet e sua família. Até mesmo Lorraine e Ed não acreditam no início, embora Maurice Grosse, um dos membros da Sociedade de Pesquisa Psíquicas tente convencê-los a acreditar e não desistir do caso.

O final do filme é surpreendente. Eu não esperava que todos os pontos se ligassem da forma como se ligaram. É quando cada pequeno detalhe mostra todo o sentido que tem por trás dele. 

O filme, para mim, foi realmente assustador. Fui sexta-feira passada assistir com meu namorado no cinema e se não estivesse com ele, com certeza não conseguiria assistir até o final. Geralmente filmes de terror não me causam mais do que pequenos sustos, mas Invocação do Mal 2 conseguiu até me fazer gritar no cinema e fazer meu coração acelerar do início ao fim. 


Os efeitos do filme, a construção da história, dos personagens e a ligação dos fatos foram muito bem elaborados. 

Embora tenha me assustado muito e me feito ter vários mini ataques cardíacos, é um filme que terminou deixando com vontade de mais. Super recomendo para quem gosta de filme de terror e para os medrosos: não assistam sozinhos, de noite e com as luzes apagadas. hahaha



Bem pessoal, espero que tenham gostado. Por hoje é só, até mais! :) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário