sexta-feira, 19 de agosto de 2016

FORMATURAS INFERNAIS - MADISON AVERY E A MORTE - KIM HARRISON

Título: Madison Avery e a Morte
Autora: Kim Harrison
Tradução: Camila Mello
Editora: Galera Record
Ano: 2010
Página: 103
Nota: 2/5









Hey pessoal, como estão?
Hoje vim trazer a resenha de Medison Avery e a Morte. Este conto é o terceiro de uma coletânea de cinco contos criados por cinco autoras diferentes. Caso queiram conferir a resenha do livro vou deixar o link aqui. :) 

"-Você não pode morrer porque já está morta - o homem idoso disse -, mas há coisas piores do que isso."

Madison Avery e a Morte conta a história de Madison, uma garota que mudou recentemente para a casa de seu pai e foi transferida para uma escola nova, na qual não conhece ninguém, exceto Josh, filho do chefe de seu pai e que a convidou para o baile de formatura da nova escola. 

Durante o baile, Madison se sente infeliz por estar ali. Tudo é diferente, a música e o tema da festa são ruins e ela não conhece ninguém. Após recusar várias vezes o pedido de Josh para dançarem, ele deixa Madison sozinha e vai aproveitar a festa. 

Cansada e aborrecida, Madison decide ir para casa, e quando está próxima a saída esbarra em alguém: Seth. 

Após um pouco de conversa, ambos começam a dançar. Madison se interessa totalmente por ele, e Seth demonstra estar interessado tanto quanto ela. 

Josh descobre então que Seth irá levar Madison para casa e resolve acompanhar os dois, seguindo-os em seu carro, pois não confia no estranho com quem sua acompanhante está voltando para a casa. E ele estava certo por não confiar...

Após um acidente de carro proposital, Madison se encontra numa situação completamente estranha e um tanto desesperadora, que envolve agentes e anjos da morte, estar morta porém parecer viva e uma pedra com determinados poderes. 

Madison Avery e a Morte, apesar de começar na formatura, também conseguiu fugir bastante do tema da história, parece que a formatura foi usada apenas para que ela conhecesse Seth e então o enredo pudesse ser desenvolvido. É um dos contos que menos gostei no livro pois não é muito animado e as cenas que deveriam ter mais ação são um tanto "paradas", nada muito WOW. Além disso, o final não é nada surpreendente e, assim como outros contos do livro, parece que o enredo foi construído para uma história de romance, e não para se tratar de uma formatura dentro do gênero do terror. 

Embora tenha visto mais comentários negativos sobre esse conto, vi também pessoas que amaram a história, isso vai variar do gosto literário de cada um. Eu recomendaria Madison Avery e a Morte para quem está procurando um romance com elementos sobrenaturais, mas que não seja necessariamente um terror. 

Bem, pessoal, espero que tenham gostado. Caso queiram conhecer mais sobre o livro em si ou sobre os outros contos, basta dar uma olhadinha nos posts anteriores do blog. :) 

E não deixem de conferir as resenhas sobre os próximos contos!

Abraços e até mais! :) 

"E a vida, aparentemente, continua, mesmo que você não esteja mais participando dela."

Nenhum comentário:

Postar um comentário