terça-feira, 2 de agosto de 2016

FORMATURAS INFERNAIS - MEG CABOT, STEPHENIE MEYER, MICHELE JAFFE, KIM HARRISON, LAUREN MYRACLE

Titulo: Formaturas Infernais
Autoras: Kim Harrison
Lauren Myracle
Meg Cabot
Michele Jaffe
Stephenie Meyer
Tradução: Camila Mello
Editora: Galera Record
Ano: 2010
Páginas: 318







Olá pessoal, como estão?
Após muito tempo sumida aqui finalmente voltei com uma nova resenha. Na verdade eu estava fazendo um post completo sobre o livro Formaturas Infernais, incluindo resenha sobre cada um dos contos, mas vi que estava se tornando um post muito longo e que ficaria cansativo para ler tudo, então resolvi dividir em 6 partes: Resenha do livro em si e sobre cada um dos 5 contos. As outras resenhas serão postadas ao longo da semana e, por já estarem prontas, não vai acontecer de eu demorar mais uma era para postar as continuações. hahaha

Formaturas Infernais é uma coletânea de cinco contos das autoras Meg Cabot, Stephenie Meyer, Michele Jaffe, Kim Harrison e Lauren Myracle, no qual cada uma escreve um conto sobre formaturas infernais... Ou quase isso.

O que ocorre, na verdade, é algo totalmente diferente. 

Formaturas Infernais é um livro que me decepcionou bastante. Pelo nome, capa e pelas escritoras imaginei que o livro cumpriria com o prometido. Os contos não são nada assustadores e a linguagem utilizada - estilo livro para pré-adolescentes - deixa o livro ainda mais distante do gênero esperado. Já li três vezes, em anos diferentes, tentando me convencer de que o livro é bom mas "estou lendo do jeito errado" porém minha opinião sobre ele apenas se fortaleceu a cada lida. 

Os contos não são necessariamente ruins, apenas não seguem o tema do livro. Apesar de haver vampiros, demônios, maldições, zumbis, agentes da morte e etc, esses elementos parecem ser apenas passagens do enredo, o foco dos contos sempre parece ser algum romance das protagonistas, desfocando o que daria realmente o toque de terror à história. Particularmente, eu acredito que as histórias poderiam ter sido mais bem construídas e mesmo não sendo do gênero terror teriam ficado boas, porém, por se tratar de contos, as escritoras não conseguiram desenvolver bem o enredo e o importante da história, o que deveria ter maior destaque passou rápido demais, sem muitos detalhes, substituídos por momentos clichês. Na verdade parece que todas as histórias foram começadas para serem grandes clichês daqueles bem água com açúcar mesmo, nada contra, mas não é o que eu espero encontrar em um livro que aparentemente é do gênero terror.

Além disso, as formaturas nos contos aparecem muito rapidamente no enredo ou simplesmente são apenas mencionadas, usadas apenas para impulsionar um ato maior na história, e que não tem nada a ver com o tema do livro.

Eu até fico um pouco chateada com tudo isso pois é um livro que, quando eu peguei pela primeira vez, pensei que se tornaria um dos meus livros favoritos, mas o que aconteceu foi totalmente o oposto e dos livros que eu já li durante todo esse tempo de vida (foram muitos livros), Formaturas Infernais é o livro que eu nunca recomendaria para ninguém, a não ser que quisessem que eu recomendasse um livro que eu considero ruim.

Entre as resenhas que já vi sobre esse livro, a maior parte se mostra bem decepcionada com os contos, porém, há muitos que simplesmente amam o livro, afinal gosto literário varia muito.

Quando li pela primeira vez tinha em torno de 13/14 anos e não gostei, porém eu indicaria este livro para a faicha etária de 11 a 14 anos.

Bem pessoal, espero que tenham gostado e me desculpem se ofendi alguém ao criticar o livro, sintam-se livres para deixarem suas opiniões nos comentários. ;)

E não se esqueçam que durante a semana terá novos posts sobre os contos do livro.

Abraços e até mais! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário